Folclore e Origami (Unindo ainda mais o Brasil com o Japão)

Dia 22 de agosto é o dia em que comemoramos o Folclore brasileiro (apesar de não ser tão fã da cultura brasileira, é sempre bom mostrarmos da nossa cultura (a original, a que não foi modificada por outros grupos étnicos) para o mundo).

Para comemorar, achei essa lenda folclórica, se chama Mulher da Meia-Noite:

A Mulher da Meia Noite, também Dama de Vermelho, Dama de Branco, é um mito universal. Ocorre nas Américas e em toda Europa.

É uma aparição na forma de uma bela mulher, normalmente vestida de vermelho, mas pode ser também de branco. Alguns dizem, que é uma alma penada que não sabe que já morreu, outros afirmam que é o fantasma de uma jovem assassinada que desde então vaga sem rumo.

Na verdade ela não aparece à meia-noite, e sim, desaparece nessa hora. Linda como é, parece uma jovem normal. Gosta de se aproximar de homens solitários nas mesas de bar. Senta com ele, e logo o convida para que a leve para casa. Encantado com tamanha beleza, todos topam na hora. Eles caminham, e conversando logo chegam ao destino. Parando ao lado de um muro alto, ela então diz ao acompanhante: "É aqui que eu moro...". É nesse momento que a pessoa se dá conta que está ao lado de um cemitério, e antes que possa dizer alguma coisa, ela desaparece, e nessa hora, o sino da igreja anuncia que é meia noite.

Outras vezes, ela surge nas estradas desertas, pedindo carona. Então pede ao motorista que a acompanhe até sua casa. E, mais uma vez a pessoa só percebe que está diante do cemitério, quando ela com sua voz suave e encantadora diz: "É aqui que eu moro, não quer entrar comigo...?".

Gelado da cabeça aos pés, a única coisa que a pessoa vê, é que ela acabou de sumir diante dos seus olhos, à meia-noite em ponto.


-------------------

O que isso tem haver com origami? Bom, essa lenda combina muito bem com esse origami:

Fonte original da foto: http://www.pajarita.org/modules.php?name=Forums&file=viewtopic&t=18&highlight (no site você encontra fotos de outros modelos desse mesmo origami)

A DAMA, Adaptação de Aníbal Voyer (disponível no livro Seres de Ficcion: El lado oscuro de la papiroflexia), realmente é linda, não é? Mas é muito díficil de se fazer (eu já tentei e nunca consegui), para se ter idéia, você tem que dividiro quadrado em 32 colunas e 16 fileiras (fazendo as contas, no final aparecem uns 150 quadradinhs no papel). Um dia quem sabe eu apareça com uma pronta aqui...

DIAGRAMA

O livro (78MG - Retirado da comunidade do Orkut):

http://www.4shared.com/file/55824408/5b01c502/Anibal_Voyer_-_Mario_Netto_-_Seres_de_Ficcion__El_lado_oscuro_de_la_papiroflexia__completo.html

O Diagrama da Dama:

http://rapidshare.com/files/139398921/Dama.pdf.html

DICAS

Nº de Peças: 1 quadrado
Dica: O quadrado não precisa ser tão grande, mas melhor que seja acima de 20x20cm

---------

Alguns observam A Dama como um anjo... para mim não é... e para você ela é o que?

Boas Dobras ^^

Um comentário:

Lucas Gabriel e Natália disse...

Gostei bastante da Dama de vermelho que você fez... Também sou apaixonado por origami e quero lhe convidar a conhecer o nosso blog:
lucasorigami.blogspot.com

Olha, eu me interessei pelo livro que você informou, mas não consegui entrar no link que você escreveu... Você poderia me dar outra alternativa?! Como buscar na comunidade do orkut? Você poderia me enviar o arquivo zipado do livro ebook?
Agradeço antecipadamente,
Lucas Gabriel.
(lucasorigami@gmail.com)